20 dicas de Como Vender Mais e Melhor

20 dicas de Como Vender Mais e Melhor

O esforço diário para realizar novas vendas e captar novos clientes, não é pouco. Por isso receber algumas dicas de como vender mais e melhor, pode ajudar você a refletir e entender se está nos passos certos. As vendas dependem de muitos fatores, além de uma concorrência cada vez mais acirrada.

Hoje o cliente não exige mais apenas um produto de ótima qualidade, mas sim um serviço completo e de qualidade. Veja que o vendedor preciso oferecer um serviço pré venda e ter uma equipe alinhada para o pós venda. Tão importante como vender é o serviço prestado após o cliente estar com sua empresa, será o diferencial importante para as próximas vendas.

Separamos aqui 20 dicas que diversos escritores colocam como importantes para um vendedor de sucesso.

 

1- Sorria

Sorria de forma que transmita ao cliente o prazer que sente em sua companhia. Isso vende e faz amigos.

 

2 – Saiba o nome do seu cliente

Identifique-se ao primeiro contato. Todos Gostam de saber o nome da pessoa com quem estão falando.

 

3 – Atenda como gostaria de ser atendido

Atenda as pessoas da forma como você gostaria de ser atendido. Sua venda começa antes do diálogo com o cliente. O primeiro contato, o olhar e postura de “boas vindas” são decisivos para cativar o cliente.

 

4 – Planejar a venda é fundamental

Planejar a forma como irá atender o cliente, como irá apresentar seus produtos, conduzir a negociação e partir para o fechamento, é uma forma de ganhar confiança transmite mais credibilidade!

 

5 – Nunca diga “é só isso?”

Jamais diga para o cliente “é só isso?”. Você pode estar acabando com sua chance de vender mais.

 

6 – Faça perguntas : Abertas e Fechadas

Faça perguntas ao seu cliente. Ajude-o a dizer o que ele realmente quer. Em apenas 40% dos casos, os consumidores sabem exatamente o que desejam comprar.

Perguntas Abertas

Para que ele exponha de forma mais livre o que ele quer, utilize perguntas abertas. Esse tipo de técnica deixa o cliente falar livremente, pois a resposta não é objetiva. Geralmente são utilizadas logo no início da conversa e, com essas informações, você programa sua apresentação justamente nos pontos destacados por ele.

Perguntas Fechadas

Agora que você já conversou bastante com seu cliente e entendeu o que ele realmente quer comprar, precisamos utilizar as perguntas fechadas, ou seja, perguntas em que as respostas são “sim” ou “não”.

 

7 – Vendedor é aquele que faz o cliente vender

O bom vendedor é aquele que vende. O ótimo vendedor é aquele que faz o cliente vender, trazendo ou indicando amigos para comprarem com ele.

 

8 – Tenha o foco na Solução e não no dinheiro

Tenha como objetivo atender plenamente as NECESSIDADES do seu cliente e deixá-lo o mais satisfeito possível com a compra. Além de ser correto comercialmente, essa postura é extremamente ética e mostra que você é um profissional comprometido com a satisfação do seu cliente.

 

9 – Trabalhe em equipe

Trabalhar em equipe torna o ambiente mais saudável e produtivo.

 

10 – Postura

A postura física do vendedor na loja é muito importante, nunca fique encostado em paredes, prateleiras e balcões. Isso passa uma ideia de que você não está com vontade de trabalhar.

 

11 – Mantenha-se atualizado

Se outro colega está vendendo melhor que você, procure observar detalhadamente com o ele trabalha. Aí está a chance de melhorar seu desempenho de vendas.

Leia muito, tudo! Livros, revistas, blogs e revistas digitais da sua área. Se você estiver bem informado sobre seu segmento vai transmitir segurança e credibilidade ao negociar com o seu cliente.

 

12 – Atendimento de Excelência

Esteja sempre à disposição do cliente, para atendê-lo e acompanhá-lo até o momento de ele sair da loja. Mas cuidado para não exagerar e acabar incomodando o consumidor. Um bom atendimento começa com um bom ambiente de trabalho. Um clima positivo em sua loja envolverá positivamente o seu cliente.

Tenha sempre em mente: “não posso apenas vender. Tenho que conquistar esse cliente para que ele volte e indique-me para seus amigos”. Bom atendimento. Esse é o diferencial que mais cativa os consumidores.

 

13 – Não tenha medo de clientes difíceis

Não tenha medo de clientes difíceis. Com profissionalismo e simpatia, você tem tudo para atendê-lo da melhor maneira.

 

14 – Seja Criativo

Criatividade é um dos grandes predicados que todos nós temos. Porém, só brota quando estamos motivados com o que fazemos.

 

15 – Respeite e gere Confiança

Respeito e confiança. Para seu cliente isto é tão importante quanto preço e qualidade.

 

16 – Crie um ambiente de Geração de Valor

Faça com que seu cliente sinta que está ali para investir no melhor produto e serviço do mercado, o seu, e não apenas gastando dinheiro.

 

17 – Cumpra sempre o que foi acordado

Nunca esqueça de cumprir aquilo que ficou estabelecido junto com o cliente.

 

18 – Ofereça outros benefícios

Boa vontade é essencial. Se não tiver o produto que seu cliente busca, tente localizá-lo em outra loja. Além do preço, venda sempre para o cliente os outros benefícios que seu produto possui.

 

19 – Parta para o Fechamento e Analise

Vendendo ou não, depois do atendimento, analise a sua conversa com o cliente. Examine o que deu certo e o que deu errado. Você estará melhor preparado para sua próxima venda.

Achar que apenas preço baixo é importante só serve para desvalorizar a função de vendedor.

 

20 – Valorize-se, você é importante !

Valorizar sua profissão é ter orgulho de ser vendedor, ter orgulho de atender e servir seus clientes e conduzir a negociação com ética e sabedoria, mantendo seu foco na plena satisfação do cliente.

 

Conclusão

Vender é uma arte, certo? Talvez no início sim, mas você deve se dedicar, estudar, auto conhecer e buscar evoluir. Sim, somente com esforço e paixão você alcançará seus objetivos.

Agora uma dica, se for vender seus produtos e esteja precisando emitir suas notas fiscais, temos um sistema online muito seguro e prático. Conheça o emissor de nota fiscal eletrônica. Acesse www.gosocket.net e otimize suas vendas.

Dicas da Ativasoft para empresas que emitem nf-e

Dicas da Ativasoft para empresas que emitem nf-e

1. Porque armazenar as notas de saída na nuvem se meu sistema já tem as notas que emitiu?

A nota fiscal passou a ser somente eletrônica, ou seja um arquivo de computador. O DANFE é simples representação comercial da nota e quem deve ser guardado realmente é o XML que é gerado antes do DANFE e assinado digitalmente e com protocolo de aceita da SEFAZ.

Só sistema preparados guardam corretamente e disponibilizam para uma busca futura.

2. Porque ter um sistema somente para ver minhas notas ou armazenar se tenho elas todas na minha caixa de e-mail?

Este é um erro grave que cometemos. O e-mail é uma ferramenta de troca de mensagens e não de armazenamento de informações. Para procurar arquivos no e-mail é muito difícil e lento, sendo normalmente uma a uma e sem pesquisa pelos dados da nota e sim pelo texto do cabeçalho do e-mail. Além é claro, da segurança muito baixa por não ter característica de banco de dados e também pela quantidade de acessos que fazemos para consultar muitas outras coisas.

Um sistema de armazenamento organiza suas informações, podendo lhe indicar melhor se todas as suas notas foram recebidas e ficam disponíveis para mais pessoas de sua empresa, além do dono do e-mail.

3. Meu fornecedor já disponibiliza seu portal para que eu consulte as notas emitidas, porque tenho que ter o meu também?

Normalmente sua empresa tem mais de um fornecedor, e neste caso você terá que acessar cada um separado para ver as tuas notas. Com um sistema seu, as notas de todos os fornecedores se concentram em um lugar somente, garantindo para você e para sua contabilidade a totalidade das notas.

 

4. Sou uma empresa do simples. Mesmo assim sou obrigado a guardar as notas fiscais?

Se voce emite notas de produtos você é obrigado a guardar suas notas de saída e de entrada, nao importando que tipo de empresa.

Se você não for emissor de nota fiscal eletrônica, não é obrigado, porém em uma possível investigação fiscal, você teria que comprovar suas compras e então seria bom ter a possibilidade de buscá-las rapidamente e com segurança.

5. Perdi uma numeração de nota e não quero mais usar, como faço?

Como a nota fiscal eletrônica não tem formulário pré-impresso, uma numeração perdida não tem muita importância pra SEFAZ, só precisa ser avisada. E isto é simples, basta usar o teu sistema para INUTILIZAR a nota. Só informar o número e uma descrição de justificativa com no mínimo 15 caracteres, por exemplo: “sistema pulou a numeração”

 6. Minha nota foi rejeitada na SEFAZ, o que eu faço?

Uma nota rejeitada é desconsiderada pela SEFAZ, ou seja ela não existe. Então você tem 2 opções. Ou acerta a nota no teu sistema e reenvia até corrigir a rejeição, ou então exclui ela do teu sistema. E pode utilizar a mesma numeração para fazer outra nota ou inutilizar esta numeracao.

7. Não consigo entender a mensagem de erro que a SEFAZ retorna?

No final do erro, normalmente tem qual o campo do arquivo que está com erro, porem para entende-lo melhor, seria interessante conhecer o manual do contribuinte. Baixe uma cópia para uma pasta de sua máquina, pois facilita muito a interpretação. https://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/listaConteudo.aspx?tipoConteudo=33ol5hhSYZk=

 

8. O que é manifestação e porque tenho que fazer?

A manifestação é a maneira de informar à SEFAZ que voce recebeu uma Nota fiscal eletrônica. Isso garante que somente você pode autorizar a um fornecedor emitir nota contra seu CNPJ. Evitando fraudes.

9. Qual o melhor certificado digital para minha empresa?

A resposta não é exata, depende de como e para que voce quer utilizá-lo.

Para assinar a nota fiscal eletrônica, o certificado modelo A1 é uma opção muito boa, dando mais liberdade e segurança na manipulação.  Sendo mais eficiente que o modelo A3 devido a poder ser instalado em várias máquinas ao mesmo tempo, deixando o faturamento mais garantido caso o de algum problema na habitualmente utilizada.

Mas qual é a real diferença entre eles?

Certificado A1 – é vendido um arquivo para instalação em uma pasta na máquina que sua empresa quiser, pode ser em um servidor ou mesmo em maquinas individuais. O que garante a segurança é a senha que deve ser de domínio somente do administrador da empresa.

Certificado A3 – é fornecido um token (normalmente um Pen-drive) que deve ser conectado à máquina que será aplicada a assinatura digital. Ficando a sua manipulação restrita a um local físico e perda ou dano é mais propicio.