Como gerar o pdf de uma carta de correção

COMO IMPRIMIR A CARTA DE CORRECAO GERADA EM SEU SISTEMA.

  1. Entrar no portal nacional https://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/consultaRecaptcha.aspx?tipoConsulta=resumo&tipoConteudo=d09fwabTnLk=
  2. Digitar a chave da nota fiscal no campo indicado

 

 

 

 

 

3. Vai para baixo ate o final da pagina e vai aparece uma linha com a cce (carta) conforme imagem abaixo.Clica no campo do protocolo ca carta de correção (numero em marrom) e vai abri a carta de correção. Clicar com o botão direito do mouse e depois em Imprimir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Use o sistema Gosocket para guardar suas notas de entrada e saída e também para imprimir notas fiscais de produtos (vendas, devoluções, transferências, etc…)

Acesse www.gosocket.net

História do armazenamento

História do armazenamento

Como o backup e armazenamento de dados era feito antigamente

 

Cartão perfurado

cartão perfurado - História do armazenamento
cartão perfurado

Primeiro dispositivo de armazenamento foi o Cartão perfurado, ou punched card, punch card, IBM card, ou mesmo Hollerith card, foi aproveitado inicialmente por Herman Hollerith. Era muito pesado levar uma caixa destes para casa, mais ou menos 5 quilos.

 

 

Tubo de Williams

tubo de williams - História do armazenamento
tubo de williams

Em segundo, o Tubo de Williams é um tipo de memória para computadores criada por Sir Frederick Williams no ano de 1947 na Universidade inglesa de Manchester. Esse eu não conheci pessoalmente.

 

 

Tambor (“Drum Memory”)

tambor
tambor

Depois veio o Tambor ou Drum Memory, foi inventado por Gustav Tauschek em 1932 na Áustria e foi amplamente usado na década de 1950 e na década de 1960 como a memória do computador.  A memória tambor original de Tauschek tinha uma capacidade de cerca de 500.000 bits (62,5 kB).

 

 

Primeira Fita UNISERVO

fita uniservo
fita uniservo

A unidade de fita UNISERVO foi o principal dispositivo de I/O no computador UNIVAC I. O seu lugar ficou garantido na história pois este dispositivo foi a primeira unidade de fita para um computador vendido comercialmente. O UNISERVO usava uma fita de metal, com meia polegada de largura (13 mm), feita de uma liga níquel-bronze de fósforo (chamado Vicalloy) e tinha 1200 metros de comprimento.

 

 

Disco Magnético

disco magnético
disco magnético

A real evolução de memória se inicia, com a Unidade de Disco Magnético. O IBM 305 RAMAC foi um computador comercial desenvolvido pela IBM em 1956 e foi o primeiro a utilizar uma unidade de disco magnético com uma cabeça de leitura móvel. A unidade poderia armazenar até por volta de 4.4 MB de dados. E vejam o tamanho disto na figura ilustrada, eu conheci alguns parecidos. Pois em 1979, quando eu estudava computação, o Brasil ainda estava nesta versão e tinha cartão perfurado também.

 

 

Disquete

disquete
disquete

A Disquete é um disco de média magnética removível, para armazenamento de dados. O termo equivalente em inglês é floppy-disk, significando disco flexível. Pode ter o tamanho de 3.5 polegadas com capacidade de armazenamento de 720 kB  até 5.76 MB ,ou 5.25 polegadas com armazenamento de 3000 kB até 300 MB (HD). A sua posição na história deve-se a ter sido o primeiro dispositivo de armazenamento de dados vendido em massa, para grande consumo.

Depois veio o disco de alta capacidade, o IBM 3380 Direct Access Storage Device em 06/1980. Tinha uma capacidade de 2.52 GB. Preço de compra no momento da introdução variou de 81.000 dólares a 142.200 dólares.

 

Fita Data

fita data
fita data

 

A fita data foi lançada em 1981 pela Sony e foi bastante usada nos meios empresariais para grandes volumes de dados, capacidade até 1.3 GB .

 

 

 

 

CD-R

CD-R
CD-R

O CDR foi lançado em 1990 e com capacidade de 700 MB, marcou a história pela sua ampla utilização e ainda atualmente consegue manter a sua presença tanto ao nível da gravação de música como de dados.

 

 

 

Zip Drive, Pen Drive, Disco Externo e Cartão SD

       

Ainda temos vindo de um passado recente, diversas formas portáteis de realizar o salvamento dos dados, como o ZIP DRIVE, o PenDrive, o disco externo, o cartão SD.

 

Nuvem

E na atualidade o modelo que muda totalmente o padrão e custos de armazenamento, suportando infinitos Bytes é a nuvem.

(fonte principal do histórico Vitor M. – pplware)

 

 

A importação do Backup seguro de Notas Fiscais

As notas fiscais da sua empresa devem ser armazenadas e mantidas pelo tempo legal determinado pela união, que seria de 5 anos. Para isso você pode usar alternativas, como pen drive, CD, DVD, HD Externo e até seu celular, mas sabemos que todos estas opções não estaremos deixando de forma segura.

Nesta âmbito da nota fiscal, teríamos que salvar as notas de maneira a possibilitar recupera-las, quando não estivesse mais disponível a original ou através de meu sistema de gerenciamento da empresa (que pode falhar) no momento da geração da nota, de maneira rápida e fácil.

Eis aí a grande questão: garantir que esta cópia esteja salva pelo tempo necessário, segura de acessos indevidos, disponível sempre e, de fácil acesso. E ainda sem esquecer se o custo para manter isso tudo cabe no seu orçamento.

Se você fizer todas estas perguntas e tiver todas as respostas positivas, você está bem. Em caso contrário seria interessante procurar algo que lhe atenda plenamente ou estará correndo risco desnecessário.

Então entenda um pouco mais sobre um dos mais seguros backups de notas. Ficou curioso, veja funcionando agora um sistema online de armazenamento de notas.

 


Comece o seu backup das suas Notas Fiscais

Guarde suas notas fiscais de forma segura e online, sem instalação ou preocupação. Cadastre-se gratuitamente e receba seu dados de acesso para iniciar o armazenamento das suas notas fiscais. Teste o premium por 7 dias e tire suas dúvidas.

Cadastrar e Testar Grátis